Follow by Email

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Apicultores iniciam safra do mel na região da Serra catarinense

Produtores de mel do litoral Sul catarinense já começaram a migração das abelhas para a Serra. É a chamada apicultura migratória. No fim de agosto e início de setembro, eles levam os insetos da região litorânea - onde no começo do primeiro semestre é produzido o mel do eucalipto - para o Planalto Serrano, onde as abelhas coletam o néctar das flores e produzem o mel silvestre. Este é o início da safra da Primavera. A colheita começa na primeira semana de novembro e segue até dezembro, sendo que em janeiro os insetos retornam para o litoral.




Membro da Associação de Apicultores de Içara, Alcides Rosso, que também é produtor de mel no litoral e no planalto, explica que em torno de 40 a 50 mil colmeias são levadas para a Serra, isso dos produtores de Jaguaruna até Passo de Torres. "Cada colmeia produz de 20 a 50 quilos de mel, mas isso varia de ano para ano e depende das condições do tempo, pois 95% da produção de mel depende da natureza, do clima", destaca Rosso.


As abelhas trabalham melhor quando o tempo está quente e seco, conforme o apicultor. Além disso, a temporada na região serrana é mais longa do que no litoral, o que gera expectativas de uma boa safra neste ano. "Ainda é cedo para afirmar, os insetos mal começaram a coleta do néctar, e não sabemos ao certo como ficará o clima nos próximos meses, mas sempre temos esperança de que a safra atual seja melhor do que a anterior", afirma.

Vanessa Amando - vanessa.amando@engeplus.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário