Follow by Email

terça-feira, 10 de setembro de 2013

Apicultura terá incentivo

Publicação: 08 de Setembro de 2013 às 00:00

Mossoró – Apicultores que integram a Associação dos Produtores Rurais de Galho do Angico, localizada na zona rural do município de Caraúbas (distante cerca de 300 quilômetros de Natal), contarão com mecanismo de apoio à melhoria de produção e comercialização do mel de abelha produzido. Por meio do Setorial de Apicultura, o Sebrae no Rio Grande do Norteinaugura as instalações da Casa de Mel para beneficiamento do produto. A estrutura está dentro dos padrões exigidos pelos órgãos fiscalizadores e vai facilitar o trabalho das 25 famílias da associação.


A Casa de Mel possibilitará agregação de valor em torno de 40% ao produto. A partir do funcionamento, que implica na legalização do mel beneficiado pelos apicultores, o produto poderá ser comercializado em todo o território potiguar. A inauguração depende apenas da liberação do Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do Rio Grande do Norte (Idiarn). A expectativa é de que ocorra ainda na primeira quinzena de setembro.


O gestor de Apicultura do Sebrae-RN, Lecy Gadelha, explica que, além da Casa de Mel, que permite a legalização do produto, a entidade realiza ainda pesquisa de mercado para comercialização com marca própria. O mel beneficiado pelos apicultores da Associação de Produtores Rurais de Galho do Angico terá a marca Potimel, e será vendido em bisnagas e potes.


“Esta Casa de Mel trará inúmeros benefícios para as famílias que dependem do beneficiamento do produto. Eles terão condições de vender o mel, de forma legalizada, e ainda com marca própria, que agregará muito valor ao produto”, opina. Todos os apicultores que integram a associação foram capacitados pelo Programa Alimento Seguro (PAS Mel). Em todo o estado, o Sebrae-RN já inaugurou um total de onze Casas de Mel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário